Enfrentamento à AIDS recebe reforço do programa “Selo UNICEF Município Aprovado” em MT

A Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES/MT) realiza, de 24 a 26 de novembro de 2010, uma capacitação para fortalecimento do Grupo Gestor Interinstitucional Municipal (GGIM) nas ações do programa Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE) nos 11 municípios da Baixada Cuiabana. O curso será realizado no Hotel Fazenda Mato Grosso, situado à Rua Antonio Dorileo, número 1.100, no bairro Coxipó, em Cuiabá.

A capacitação tem como objetivo reunir profissionais dos setores de Saúde, Educação, jovens e professores para conhecer ações previstas nos programas Saúde e Prevenção na Escola e Saúde nas Escolas, ações essas que contribuem para o enfrentamento da epidemia de HIV/AIDS entre jovens e adolescentes escolares. A previsão é de que mais de 60 pessoas participem.

Os municípios que formam a Baixada Cuiabana são: Cuiabá, Várzea Grande, Poconé, Acorizal, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Jangada, Nova Brasilandia, Nossa Senhora do Livramento, Planalto da Serra e Santo Antonio do Leverger.

Segundo a coordenadora da área de Saúde do Adolescente, da SES/MT, Cleidi Eliane de Souza, “os que participarem da capacitação vão voltar para os municípios de origem melhor equipados para o enfrentamento do HIV/Aids, o que é o objetivo maior do programa Selo Unicef – Município Aprovado, do Fundo das Nações Unidas para a Infância (da sigla UNICEF, em inglês)”.

Os demais projetos, que serão desenvolvidos de novembro de 2010 até o final do ano 2011 contemplarão também as comunidades indígenas que fizeram adesão ao ‘Selo Unicef’ te serão desenvolvidas ações de Capacitação para teste rápido de HIV/Aids, I Encontro de Jovens Vivendo e Convivendo com HIV, Capacitação DST/HIV, capacitação em PPD (?) para Enfermeiros dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI’s) Cuiabá e Kaiapó do estado de Mato Grosso, capacitação em PPD (?) para Enfermeiros dos DSEIs Xavante e Xingu de MT, capacitação em Notificação/Investigação de DST/HIV e Hepatites Virais aos profissionais dos DSEIs, construção do perfil epidemiológico das populações indígenas e curso de capacitação em Antropologia.

Outros projetos beneficiarão vários outros grupos, tais como : Capacitação em Saúde Mental para profissionais que atuam no Centro de Apoio Psicossocial Infanto-Juvenil de Mato Grosso, Capacitação em Saúde Mental para médicos pediatras do município de Cuiabá, Atualização em tratamento odontológico de crianças e adolescentes com deficiência, Educação para prevenção as DST e a AIDS, Promoção a saúde e aos direitos humanos, Seminário Estadual de Atenção Obstétrica e Neonatal baseado em Evidencias Científicas, Capacitação de equipe multidisciplinar para implantação de ambulatório especializado no cuidado de crianças e adolescentes com Obesidade e Diabetes Melitus. Além da previsão da realização de encontros regionais com a juventude para a educação de pares, visando fortalecer a participação juvenil, provocando reflexões e diálogos sobre as temáticas do Programa Saúde e Prevenção nas Escolas.

O QUE É O “SELO UNICEF”

O programa Selo Unicef Município Aprovado é uma proposta que mobiliza pessoas para melhora a qualidade de vida das crianças e adolescentes nos municípios dos estados em que opera.

“Gestores e comunidade são provocados a observar, acompanhar e transformar a realidade em que vivem meninos e meninas. Nessa luta, invariavelmente, se engajam no enfrentamento ao HIV/Aids, uma epidemia que tem obtido aumentos preocupantes entre os adolescentes e jovens”, lembrou Cleidi Eliane de Souza.

A Coordenadora informou que no ano de 2009 a primeira experiência no Selo Unicef completou 10 anos. “O início foi no estado do Ceará. Depois uma iniciativa semelhante foi realizada no estado da Paraíba. A partir do ano 2005 todos os municípios do Semiárido Brasileiro, em 11 estados, passaram a participar. Agora, em 2010, os estados da Amazônia Legal, (incluindo Mato Grosso, Tocantins e Pará) passam a receber atenção especial do programa”.

Em Mato Grosso 37 municípios foram escolhidos para receber as ações do Selo Unicef e em pelo menos 09 deles as comunidades indígenas são contempladas.

Os municípios e Estados que se inscrevem no Selo Unicef, assumem um compromisso de melhorar a vida de crianças e adolescentes, investindo no cumprimento de seus direitos, implementando e aprimorando programas e políticas de atenção à infância. Enfim, reconhecendo que criança e adolescente são prioridades em todas as políticas públicas no Estado de Mato Grosso, concluiu a coordenadora Cleidi Eliane.

Fonte: O Documento

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s