Mortalidade por Aids atinge menor nível nos últimos 20 anos em SP

Às vésperas do Dia Mundial de Luta contra a Aids, o último boletim epidemiológico produzido pela Secretaria de Saúde de São Paulo indicou que a mortalidade pelo vírus HIV no Estado atingiu o menor nível em 20 anos. Os dados são da Fundação Seade.

Em 2009 houve 7,8 óbitos por 100 mil habitantes em todo o Estado. Este índice só havia sido menor em 1989, com 5,5 mortes por 100 mil habitantes.

“Esta redução se deve a uma série de fatores, em especial à introdução das novas terapias antirretrovirais de resgate nos últimos dois anos e ao incentivo ao diagnóstico precoce de HIV por intermédio das campanhas de testagem gratuita”, explica Maria Clara Gianna,  coordenadora do Programa Estadual DST/Aids.

Para comemorar o Dia Mundial de Luta contra a Aids, que cai nesta quarta-feira, 1º de dezembro, a Secretaria de Saúde de São Paulo preparou uma série de ações especiais. A programação inclui a distribuição de 18 mil camisinhas, palestras, atividades culturais e a soltura de dois mil balões em frente ao hospital estadual Emílio Ribas.

“A data reforça a solidariedade, a tolerância e a compreensão para com as pessoas infectadas pelo HIV/Aids”, ressalta Maria Clara.

A data também marca o último dia da campanha “Fique Sabendo”, que promoveu testes gratuitos de HIV em todo o Estado.
Confira a programação completa para o Dia Mundial de Luta contra a Aids:

Programa Estadual DST/Aids
 
05h30:Prevenção no Terminal de Ônibus Parque Dom Pedro II, com a distribuição 10 mil preservativos.
 
13h: Encerramento da campanha “Fique Sabendo” nas unidades do Sesc Vila Mariana, Santana, Ipiranga, Pinheiros e Pompéia, com a distribuição de 2 mil preservativos e realização de teste de HIV.

15h30: “Todas as tribos unidas na luta contra a Aids”, com apresentações de grafite e de street dance, orientação sobre sorologia e distribuição de 6 mil preservativos em frente à Galeria do Rock.

 
Instituto de Infectologia Emílio Ribas
 
8h45: “HIV – Presente, Passado e Futuro”, com David Uip, diretor do Instituto de Infectologia Emílio Ribas.
 
9h30: “HIV – Situação atual e perspectivas futuras – Situação epidemiológica no Estado de São Paulo”, com Maria Clara Gianna, coordenadora do Programa Estadual de DST/Aids.
 
10h30: “Retrovirologia humana – desde o princípio ao HIV e o HIV para o futuro”, com Roberto Trujillo, presidente da Sociedade Panamericana de Neurovirologia – Washington, USA
 
12h: Cerimônia de soltura de 2.000 balões.
 
15h30: Dossiê MTV, com a apresentação dos 13 comerciais desenvolvidos conforme os temas eleitos pelos adolescentes para promover a medicina na adolescência.
 
19h30: Noite Cultural – apresentações de Nany People, da peça teatral dos adolescentes: “A Peça” e das atividades artísticas Vem Ver Dançar: “O Tango”, Ouvir Ver Tocar: “A Musica” e “Grupo Doce Encontro”.
 Fonte: Band

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s