Ativistas dizem que saúde das pessoas vivendo com HIV e aids vai mal no Brasil

Nenhum dos ativistas deu uma resposta positiva sobre a saúde das pessoas vivendo com HIV e aids no Brasil. Desabastecimento de medicamentos e de exames que avaliam o tratamento, falta de profissionais da saúde e de leitos foram as principais queixas. Leia a seguir.

Como está a saúde dos soropositivos na sua região?

“Desumana”, resumiu a Coordenadora do Fórum Paraense de ONG/Aids, Amujaci Machado Brilhante.

Para ela, os principais problemas da região Norte estão ligados à educação e à saúde. “O governo centraliza os melhores tratamentos nas capitais, e muitos hospitais não suportam a necessidade. Faltam leitos para as pessoas vivendo com aids. Temos também dificuldades de encontrar médicos comprometidos. Outro ponto importante é que sofremos com uma série de doenças tropicais, o que contribuem para o agravamento da saúde das pessoas soropositivas”, disse.

“Preocupante”, disse o representante do Fórum de ONG/Aids de Pernambuco, Jair Brandão.

Jair ressaltou que as pessoas vivendo com HIV e aids na região Nordeste vivem inseguras. “Faltam leitos, exames e, sobretudo, compromisso político de alguns gestores”, disse. “Vivemos em um cenário tão preocupante que chego a pensar que todas as conquistas do movimento social de luta contra aids pode não existir mais”, acrescentou.

O ativista reclama também da falta de atenção dos gestores para tuberculose, doença oportunista muito comum entre as pessoas com HIV e aids.

“Razoável”, disse a coordenadora do Fórum de ONG/Aids do Mato Grosso do Sul, Cris Stefanny.

Cris conta que as pessoas com HIV e aids na região Centro-Oeste  vivem numa luta contínua pela garantia dos seus direitos. “Muitos serviços estão precários na nossa região e nem todos os municípios têm capacidade de atender os portadores do HIV”, ressaltou.

“Sofrendo uma crise”, afirma o presidente do Fórum de ONG/Aids do Estado de São Paulo, Rodrigo Pinheiro.

Segundo ele, há cerca de um ano e meio acontecem sucessivas faltas de medicamentos antirretrovirais e de insumos de prevenção, como o preservativo feminino, e mais recentemente houve uma crise nacional do fornecimento de exames de carga viral, usados como avaliação do tratamento da aids. “Todas essas crises inflenciam muito na saúde de vida dos soropositivos”, disse Rodrigo.


“Desprezada”
, criticou o coordenador do Fórum Catarinense de ONG/Aids, Alex Marcelo Amaral da Silva.

O ativista,disse que há muito tempo a região Sul sofre com a falta de compromissos dos representantes do governo em relação ao enfrentamento da epidemia de aids. “Faltam medicações, kits para exames de CD4 e CD8…. Falta atitude”, enfatizou.

Alex defende a ampliação do espaço deliberativo do movimento social na luta contra a doença em sua rgião.

Homanagem a Oswaldo Cruz

A escolha do dia 5 de agosto como o Dia Nacional da Saúde é uma homenagem ao médico Oswaldo Cruz, que nasceu em 5 de agosto de 1872.

Oswaldo Cruz ingressou na faculdade de medicina aos 15 anos, e quatros mais tarde, especializou-se em bacteriologia pelo Instituto Pasteur de Paris. Em 1903, foi nomeado Diretor-Geral de Saúde Pública, cargo equivalente a Ministro da Saúde. Durante o período que atuou na saúde pública, Oswaldo Cruz lutou contra a febre amarela, a peste bubônica e a varíola.

Sua gestão ficou conhecida por conta da Revolta da Vacina, ocorrida em 1904. A população manifestou-se contra a obrigatoriedade da vacina antivaríola, porém quatro anos depois devido à epidemia da doença, o povo foi em peso aos postos de saúde e reconheceu o valor do médico.

Fonte: Agência de Notícias da AIDS

Anúncios

Um comentário sobre “Ativistas dizem que saúde das pessoas vivendo com HIV e aids vai mal no Brasil

  1. Esse artigo mostra uma realidade dolorosa do nosso Brasil/ paciente portador do vírus HIV.
    Sou acadêmica de enfermagem, irei apresentar um seminário na sala de aula, onde irei abordar o assunto.
    Grata,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s