Parada Gay espera reunir 1,5 milhão de pessoas no Rio de Janeiro

Lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e simpatizantes pretendem usar branco no lugar das tradicionais cores do arco-íris para celebrar a 16ª Parada do Orgulho LGBT Rio 2011 neste domingo (9), na orla de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro. Isso porque o tema desse ano é a paz. A organização espera reunir 1,5 milhão de pessoas vestidas de branco.

“Queremos fazer um flash mob (mobilização relâmpago) perto do primeiro carro. Vamos ter uma bandeira branca de trinta metros”, diz um dos organizadores do evento.

O lema da parada é “Somos todos iguais perante a paz – toda forma de violência deve ser crime”, uma alusão ao artigo 5º da Constituição Federal, que diz que somos todos iguais perante a lei.

O primeiro dos 15 trios da parada sai às 13h da esquina da avenida Atlântica com a rua Sá Ferreira, em Copacabana. A organização da parada espera receber também heterossexuais, idosos e crianças.

Para o presidente do Grupo Arco-Íris, Julio Moreira, 34, a criminalização da homofobia é algo urgente. “É hora de dar um basta e pedir paz.”

Durante a parada haverá tendas com distribuição de materiais informativos sobre cidadania, incentivo a testagem voluntária de HIV, além de dicas sobre prevenção contra a Aids, hepatites virais e demais doenças sexualmente transmissíveis.

Serão distribuídas cerca de meio milhão de camisinhas, além de sachês de gel lubrificante e camisinha feminina.

Em uma das tendas, será oferecida gratuitamente a vacinação contra hepatite B.

Defensoria Pública
Um ônibus do Núcleo de Defesa da Diversidade Sexual e Direitos Homoafetivos (Nudiversis) da Defensoria Pública Geral do Estado do Rio de Janeiro estará estacionado em frente ao hotel Windsor, na esquina da avenida Atlântica com a rua Sá Ferreira, das 10h às 15h.

Defensores e advogados irão emitir ofícios de gratuidade de união estável homoafetiva, 2ª via do documento de identidade e prestarão orientação jurídica ao público.

Para chegar à parada a organização orienta aos participantes que deem preferência aos transportes públicos, como metrô (estações Cardeal Arcoverde, Siqueira Campos e Canta Galo) ou ônibus.

Segundo determinação da CET-Rio, os ônibus de excursão não poderão entrar e desembarcar pessoas em Copacabana. Eles precisarão estacionar no entorno do Centro Administrativo da Prefeitura do Rio, na Cidade Nova (Teleporto), e os excursionistas deverão ir de metrô até o evento.

Fonte:  Correio do Estado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s