Viva Cazuza cria prêmio sobre prevenção da Aids

A ONG pretende atingir a população jovem, de maior vulnerabilidade de contágio, através de concurso de vídeo.

A campanha vencedora será veiculada na televisão durante o Carnaval.
A Sociedade Viva Cazuza, com o apoio da UNAIDS e do Departamento Nacional de DST/Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, lança o Prêmio Cazuza de Vídeo com o objetivo de ampliar a comunicação com jovens e adolescentes sobre os cuidados de prevenção contra o vírus HIV. A iniciativa irá premiar vídeos de 30 segundos que melhor abordarem a conscientização para o Carnaval 2012 com o tema “Você que se cuide”. O prazo para as inscrições é até o dia 15 de janeiro.
O 1º Prêmio Cazuza de Vídeo oferece a oportunidade para jovens que tenham interesse na produção de vídeos mostrarem seu talento e pretende fazer com que o assunto sobre a prevenção da doença seja pensado e discutido por esse público, através de uma linguagem moderna e eficiente. De acordo com o Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, jovens entre 15 e 25 anos estão entre os mais vulneráveis para o contágio do HIV e é principalmente esta população que o prêmio pretende atingir.
“A Internet e o vídeo são meios de comunicação com os quais os jovens estão mais familiarizados e, por isso, escolhemos este formato para atingir o público mais vulnerável à contaminação do vírus, fazendo com que eles discutam o assunto de maneira eficiente”, explica Lucinha Araújo, responsável pela Sociedade Viva Cazuza.
Pessoas de qualquer lugar no Brasil poderão participar do concurso enviando seus vídeos, feitos com celular, máquina fotográfica ou filmadora, através do site http://premio.cazuza.com.br, até o dia 15 de janeiro. Um júri altamente qualificado formado por: Fernando Meirelles, Glória Perez, Daniel Filho, Washington Olivetto entre outros nomes de destaque, irão escolher os vencedores. O resultado será divulgado no dia 31 de janeiro. Os três finalistas ganharão um notebook cada um e a campanha vencedora receberá finalização profissional para ser veiculada por um canal de televisão aberta durante o Carnaval 2012.
Sobre a Sociedade Viva Cazuza
Apenas três meses após a morte do cantor Cazuza, em 1990, nascia a Sociedade Viva Cazuza, fundada por Lucinha Araújo, que até hoje preside a ONG. Atualmente, a Viva Cazuza mantém dois importantes projetos: uma “Casa de Apoio” que abriga 25 crianças e jovens soropositivos (de 4 meses a 18 anos), a maioria deles órfãos; e um “Projeto de Adesão ao Tratamento da Aids”, em parceria com Hospitais da Rede Pública que contempla hoje 140 pacientes de todas as idades, que se encontram em tratamento na rede pública de saúde.
Fonte: SEGS
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s