Número de grávidas com HIV registra crescimento de 76% em Alagoas

O número de grávidas infectadas com o vírus HIV em Alagoas subiu mais de 76% este ano, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Segundo a superintendente de Atenção à Saúde, Sandra Canuto, a detecção das mulheres infectadas aumentou depois que o teste rápido foi distribuído nos municípios.

A Sesau atribui o alto índice de infecção à falta de conscientização, principalmente entre os jovens. “As mães infectadas geralmente são as mais jovens e com baixa instrução”, revelou a superintendente, que destacou também a importância dessas mulheres fazerem o pré-natal corretamente para que o bebê não seja infectado pelo vírus.

Mais de 24 municípios receberam o teste rápido de HIV e cerca de 500 profissionais foram capacitados para realizar o exame. Isso fez com que mais mães infectadas fossem identificadas.

De acordo com Sandra Canuto, apesar do aumento, o número ainda está abaixo do esperado. “A tendência é que esse número aumente com o envio de mais testes rápidos para o interior”, afirmou.

Fonte: TNH1

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s